Introdução



  Após um ano de interregno, o CONCURSO DE CANTO LÍRICO DA FUNDAÇÃO ROTÁRIA PORTUGUESA está de regresso para a sua 9ª edição. Desde 2007, várias dezenas de jovens cantores líricos portugueses têm sido contemplados com o apoio oferecido pela Fundação Rotária Portuguesa e demais entidades associadas a este Concurso. Estamos conscientes da importância de que se reveste este incentivo para prossecução do aperfeiçoamento artístico dos jovens cantores em início de carreira, que trilham um percurso profissional exigente e extremamente competitivo, no qual não abundam as oportunidades de trabalho, designadamente no nosso país. O intercâmbio de experiências artísticas é fundamental no percurso pré-profissional destes cantores, tornando praticamente inevitável a procura fora do país de programas de pós-graduação, a frequência de estúdios de ópera, ou de outros estágios de formação, de maior ou menor duração.


  Por forma a patrocinar a prossecução destes objectivos, os prémios a concurso, generosamente doados por entidades convidadas pela Fundação Rotária Portuguesa, são convertidos em bolsas de estudo para os laureados, que delas podem usufruir ao longo de um período de dois anos.


  Em 2016, o CONCURSO DE CANTO LÍRICO DA FUNDAÇÃO ROTÁRIA PORTUGUESA apresenta algumas novidades. É-nos particularmente grata a associação do CÍRCULO RICHARD WAGNER a este evento, proporcionando a atribuição de um prémio significativo (na verdade, são dois os prémios patrocinados) aos concorrentes que entenderem constituir os seus programas privilegiando a obra de Richard Wagner. Todos os pormenores sobre este aspecto das provas estão no Regulamento, do qual consta ainda o alargamento para os 33 anos, da idade limite para ser candidato.


  Congratulamo-nos pelo regresso das provas eliminatórias à região da Madeira, e por, pela primeira vez as podermos realizar também na região do Algarve, iniciativas possibilitadas pelo envolvimento de clubes rotários em estreita colaboração com as escolas de música locais.


  As nossa expectativas são, por conseguinte, as mais elevadas para esta nova ronda pela expressão mais jovem do canto lírico nacional, continuamente alimentada de novas e excitantes vozes.


  Os nossos agradecimentos são para as entidades que, partilhando destes objectivos, nos apoiam através da constituição de cada um dos Prémios. Para os concorrentes em prova, formulamos votos para que sejam bem sucedidos e que esta edição do Concurso se revele a todos os níveis uma experiência gratificante.

A comissão organizadora.

Comissão de Honra


Presidente da Câmara Municipal de Lisboa
Dr. Fernando Medina
Presidente da Câmara Municipal de Cascais
Dr. Carlos Carreiras
Presidente da Fundação Centro Cultural de Belém
Dr. Elísio Summavielle
Country Managing Partner da EY
Dr. João Alves
Governador do Distrito Rotário 1960
Companheiro Miguel Real Mendes
Governador do Distrito Rotário 1970
Companheiro António Custódio Vaz
Presidente da Fundação Rotária Portuguesa
Companheira Teresa Mayer
Presidente da Fundação Millennium bcp
Dr. Fernando Nogueira
Presidente do Círculo Richard Wagner
Drª. Maria Teresa Cochito
Directora do Goethe-Institut Portugal
Drª Claudia Hahn-Raabe
Directora da Casa de Portugal - André de Gouveia (Paris)
Professora Doutora Ana Paixão
Presidente do Grupo Sata
Engº. Paulo Meneses
Representante da TAP Portugal para os Açores
Companheira Alda Medeiros e Sousa
Presidente da Comissão Executiva do Grupo Bensaúde
Dr. Victor C. Cruz
Director Comercial da Companhia de Seguros DAQUIDACI
Companheiro Carlos Feliciano
Administrador da NUCASE
Companheiro António de Jesus Nunes
Administrador do Cascais Villa Shopping Center
Companheiro José Romão
Directora da Escola de Música do Conservatório Nacional
Drª Ana Mafalda Pernão
Presidente da Escola Superior de Música, Artes e Espectáculo, Porto
Dr. António Augusto Aguiar
Presidente do Conservatório Regional de Ponta Delgada
Drª Ana Paula Andrade
Presidente do Conservatório Regional do Algarve Maria Campina
Drª. Ofélia da Conceição Ramos
Presidente do Conservatório - Escola das Artes da Madeira – Engº Peter Clode
Drª. Maria Tomásia Alves
Presidente do C.E. da EBS Tomás de Borba (Angra do Heroísmo)
Dr. Leandro Viriato de Sousa
Presidente do Rotary Club Lisboa-Estrela
Companheiro Paulo Taveira de Sousa
Presidente do Rotary Club Porto-Foz
Companheiro Dimitris Andrikopoulos
Presidente do Rotary Club de Cascais-Estoril
Companheira Gabriela Carvalho
Presidente do Rotary Club de Ponta Delgada
Companheira Pilar Melo Antunes
Presidente do Rotary Club de Angra do Heroísmo-CPM
Companheiro Paulo Caetano Ferreira
Presidente Rotary Club de Faro
Companheiro Ilídio Neto Mestre
Presidente do Rotary Clube do Funchal
Companheiro João Cunha Paredes

O Concurso


1. Podem candidatar-se estudantes de canto e jovens profissionais em início de carreira, de nacionalidade portuguesa, cuja idade, em 01 de Maio de 2016, se situe entre os 18 e os 33 anos (inclusive).

2. Os concorrentes devem fazer-se acompanhar por um pianista de sua escolha, encorajando-se a apresentação de duos com um historial de trabalho conjunto, pela vantagem considerável que tal pode constituir no plano interpretativo.

3. Os pianistas de nacionalidade portuguesa, com idade entre os 18 e os 30 anos (inclusive) à data de 01 de Maio de 2016, são elegíveis, na Final, para o Prémio a atribuir ao melhor pianista acompanhador

4. O Concurso de Canto Lírico da Fundação Rotária Portuguesa encontra-se vedado aos detentores do 1º Prémio nas suas edições anteriores. Do mesmo modo, não serão considerados elegíveis para o Prémio de Acompanhamento ao Piano, os vencedores de edições anteriores.

5. A candidatura ao Prémio Círculo Richard Wagner é de carácter opcional. Para serem considerados elegíveis, os concorrentes devem inscrever no seu programa três obras de Richard Wagner, conforme especificado na secção V deste Regulamento.

6. Dos candidatos à atribuição do Prémio Círculo Richard Wagner, não poderão constar cantores que anteriormente tenham beneficiado do Programa de Bolseiros da Fundação Richard Wagner.

7. Em cada prova, o programa será sempre apresentado sem interrupção, pela ordem escolhida pelo candidato e, de memória (excepção possível apenas para a ária de Oratória ou de Cantata)

8. Os Prémios / Bolsas de Estudo estabelecidos destinam-se aos concorrentes que participem na Prova Final. O Júri reserva-se o direito de não atribuir determinado Prémio, se considerar que o nível pretendido não foi atingido.

9. As decisões do Júri são finais e sem direito a recurso.

10. Na elaboração futura das suas biografias artísticas e curricula vitae, os cantores premiados na 9ª edição do Concurso de Canto Lírico da Fundação Rotária Portuguesa, comprometem-se a adoptar a designação da entidade patrocinadora no prémio correspondente. (Assim, o 1º prémio será referido como 1º Prémio - bolsa de estudo da EY)

11. Despesas com deslocações e estadia são a cargo dos concorrentes.

12. As Provas do Concurso são abertas ao público em geral

13. Os prémios estabelecidos destinam-se a um usufruto sob a forma de Bolsas de Estudo, desta forma se promovendo o contínuo aperfeiçoamento artístico dos concorrentes que se distinguirem.

14. Os premiados distinguidos na Prova Final, deverão enviar à Fundação Rotária Portuguesa um programa de estudos indicativo da forma como irão aplicar o montante do prémio que lhes foi atribuído, que poderá concretizar-se através da frequência de cursos de curta ou de longa duração.

15. Os cantores premiados dispõem de um período de dois anos para a utilização do valor total dos prémios, exigindo a Fundação Rotária Portuguesa, os respectivos comprovativos.

16. O concorrente contemplado com o Prémio Círculo Richard Wagner compromete-se a frequentar na íntegra os dois programas que dele constam.

17. A organização do Concurso fica detentora dos direitos de gravação audio e vídeo, fotográficos e de difusão, pela rádio, televisão e internet, das provas dos candidatos, não sendo por isso devido qualquer pagamento aos concorrentes e seus pianistas.

18. Os concorrentes premiados comprometem-se a participar posteriormente, sem que haja lugar a qualquer forma de remuneração, numa Gala de Laureados, em local e data a anunciar. Para este fim, serão asseguradas as despesas de transporte, alimentação e eventual alojamento. O vencedor do Prémio Círculo Richard Wagner compromete-se ainda a participar num evento do Círculo Richard Wagner por altura do aniversário deste compositor (22 Maio), nas mesmas condições aqui expostas.

19. Ao assinar a Ficha de Inscrição, o candidato declara estar de acordo com este Regulamento.

1º Prémio

Bolsa de Estudo da EY 5 000€

2º Prémio

Bolsa de Estudo Cidade de Lisboa 3 500€

3º Prémio

Bolsa de Estudo Fundação Millenium bcp 2 000€

Prémio do Público

Bolsa de Estudo Joaquim José de Sousa 500€

Prémio Melhor Interpretação de Canção Portuguesa

Bolsa de Estudo Nucase 300€

Prémio Melhor Interpretação de Canção Estrangeira

Bolsa de Estudo Cascais Villa Shopping Center 300€

Prémio de Acompanhamento ao Piano

Bolsa de Estudo Rotary Club Porto Foz 500€

Prémio Círculo Richard Wagner

• Bolsa Viagem a Bayreuth – Visita ao Festival de Bayreuth, onde o premiado assistirá a 3 óperas e tomará parte no Programa de Bolseiros da Fundação Richard Wagner, que reúne mais de 200 jovens artistas de todo o mundo. Bolsa para viagem e estadia.
• Bolsa Goethe-Institut – Aulas de alemão na Alemanha: um Curso Intensivo, de 2 ou de 4 semanas, em um dos doze Goethe-Institute na Alemanha. Inclui despesas de viagem e estadia.

O vencedor da 9ª edição do Concurso de Canto da Fundação Rotária Portuguesa, é igualmente contemplado com o convite para a realização dos seguintes recitais:

Prémio Centro Cultural de Belém
Recital na edição de 2017 de “Os Dias da Música em Belém”
Prémio Casa de Portugal-André de Gouveia
Recital na Casa de Portugal, C.I.U.P. (Paris)

O concurso desenrola-se em 4 etapas:


1ª ETAPA: PRÉ-SELECÇÃO
1.   Os candidatos são convidados a remeter à organização as gravações requeridas no ponto 4. Programa, seja em formato de ficheiro electrónico, para o endereço electrónico do concurso, seja em suporte físico (CD, DVD, USB flash drive), via postal. 

2. Uma comissão artística designada pelo Presidente do Júri da Final ouvirá as gravações remetidas, elegendo, de entre os candidatos, um número de concorrentes nunca superior a 42.

3. Candidatos detentores de um 1º, 2º ou 3º Prémios em Concursos de Canto nacionais ou internacionais, obtidos nos últimos 3 anos, são dispensados do envio de gravação, sendo admitidos directamente à 2ª etapa. Para tal, devem remeter ao Presidente do Júri, no acto da inscrição, uma cópia do diploma comprovativo da atribuição do prémio.

2ª ETAPA: PROVAS ELIMINATÓRIAS

4. Os concorrentes prestarão esta prova eliminatória na cidade que se encontre mais próxima do seu local de residência. Os concorrentes serão distribuídos por grupos, cada um com o máximo de 12 cantores e um mínimo de 6 cantores, em Cascais e no Porto e, de respectivamente 6 e 3 cantores, em Ponta Delgada, Funchal e Faro.

5. Poderão verificar-se excepções ao disposto no ponto anterior: a) por necessidade de equilibrar o número de participantes em cada uma das cinco eliminatórias; b) mediante pedido expresso e fundamentado por parte do concorrente. Estas duas situações serão objecto de decisão da parte do Presidente do Júri, ouvida a comissão organizadora.

3ª ETAPA: SEMIFINAIS

6. Os concorrentes seleccionados nas eliminatórias de Cascais, de Ponta Delgada e de Faro, competirão na Prova semifinal de Lisboa que admitirá um máximo de 9 cantores.

7. Os concorrentes seleccionados na Prova Eliminatória do Porto e do Funchal competirão na Semifinal realizada no Porto, que admitirá um máximo de 7 cantores.

4ª ETAPA: FINAL

8. A Prova Final realizar-se-á em Lisboa, com um número máximo de 7 concorrentes (4 seleccionados na semifinal de Lisboa e 3 na semifinal do Porto)

1. Com excepção do material enviado para a Pré-Selecção, os concorrentes não poderão apresentar a mesma peça duas vezes.

2. O programa remetido não poderá sofrer alterações após o dia 15 de Abril, data limite para recepção das inscrições.

3. Em cada prova, o(a) concorrente deverá apresentar-se em, pelo menos, duas línguas distintas.

4. As árias de ópera com recitativo ou cabaletta devem ser apresentadas integralmente.

5. Para serem candidatos ao Prémio Círculo Richard Wagner, os concorrentes apresentarão obrigatoriamente obras de Richard Wagner a partir da 2ª etapa, conforme descrito abaixo.


PRÉ-SELECÇÃO (Audição gravada) 1ª ETAPA

• Uma Canção de Câmara em língua portuguesa e de compositor português

• Uma Ária de Ópera


PROVA ELIMINATÓRIA 2ª ETAPA

• Uma Canção de Câmara em língua estrangeira e de compositor estrangeiro (Lied, Mélodie, Song, etc.)

• Uma Ária de Ópera

* Para o Prémio Círculo Richard Wagner, uma destas obras deverá ser da autoria de Richard Wagner


PROVA SEMIFINAL 3ª ETAPA

• Uma Ária de Oratória ou de Cantata

• Uma Ária de Ópera

* Para o prémio Círculo Richard Wagner, é obrigatório que seja de Richard Wagner a Ária de Ópera indicada.


PROVA FINAL 4ª ETAPA

• Uma Canção de Câmara em língua portuguesa e de compositor português

• Uma Canção de Câmara em língua estrangeira e de compositor estrangeiro (Lied, Mélodie, Song, etc.)

• Uma Ária de Ópera

* O candidato ao Prémio Círculo Richard Wagner escolherá apresentar um Lied ou uma Ária de ópera da autoria de Richard Wagner

Inscrição e recepção das gravações: até 15 de Abril 2016 (faz prova a data do correio).

Os concorrentes pré–seleccionados serão informados até ao dia 22 de Abril de 2016, por e-mail ou por telefone, da data/hora e local onde decorrerão as respectivas provas.

PROVAS ELIMINATÓRIAS

Localidade Dia Hora Local
Funchal 2 Maio 18:00 Conservatório - Escola das Artes da Madeira
Ponta Delgada 3 Maio 21:00 Conservatório Regional de Ponta Delgada
Cascais 10 Maio 18:00 Centro Cultural de Cascais
Faro 10 Maio 18:00 Conservatório Regional do Algarve Maria Campina
Porto 10 Maio 18:00 Ateneu Comercial do Porto

PROVAS SEMIFINAIS

Lisboa 12 Maio 17:00 Goethe-Institut
Porto 12 Maio 19:30 Ateneu Comercial do Porto

PROVA FINAL

Lisboa 15 Maio 17:00 Centro Cultural de Belém (Pequeno Auditório)

n.b. A informação relativa aos resultados de cada prova será publicada neste site e, simultaneamente, na página do concurso no Facebook.

PROVA FINAL Lisboa

António Wagner Diniz Cantor lírico, professor na EMCN, (Presidente)
Joana Silva Cantora lírica, ex-professora na ESML
Marina Ferreira Cantora lírica
Rui Taveira Cantor lírico, professor na ESMAE
António Salgado Cantor lírico, professor na ESMAE
Elsa Saque Cantora lírica, ex-professora na ESML
José Brandão Pianista, professor na EMCN
Angel Gonzalez Pianista, professor na ESMAE
Carmen Subica Cantora lírica, professora no CRPD
Irene Ainstein Pianista, professora no Conservatório Regional do Algarve Maria Campina
Maria João Pereira Cantora lírica, professora no Conservatório-Escola das Artes da Madeira

PROVAS SEMIFINAIS

Lisboa
António Wagner Diniz
Joana Silva
Elsa Saque
Marina Ferreira
Irene Ainstein
Carmen Subica
José Brandão
Porto
Rui Taveira
António Salgado
Angel Gonzalez
Maria João Pereira

PROVAS ELIMINATÓRIAS

Cascais
António Wagner Diniz
Elsa Saque
Marina Ferreira
José Brandão
Porto
Rui Taveira
António Salgado
Angel Gonzalez
Ponta Delgada
Ana Paula Constância
Carmen Subica
Ana Paula Pereira
Raquel Ramos
Brígida Ferreira
Faro
Irene Ainstein
João António de Almeida
Nuno Rodrigues
Funchal
Maria João Pereira
Carla Moniz
Robert Andres
post Image post Image

Bolsa “Viagem a Bayreuth”

Visita ao Festival de Bayreuth, onde o premiado assistirá a 3 óperas e tomará parte no programa de Bolseiros da Fundação Richard Wagner, que reúne mais de 200 jovens artistas de todo o mundo.

Fundada em 1882, a instâncias do compositor e com o objetivo de proporcionar a jovens talentos uma experiência em Bayreuth, a Fundação conta, entre os seus antigos bolseiros, com nomes como Hildegard Behrens, Peter Hofmann, Gundula Janowitz, Waltraud Meier, Kurt Moll, Christian Thielemann, Michael Volle, Petra Lang, Anja Kampe, Katarina Dalayman e Jonas Kaufmann, para mencionar apenas alguns.

Do Programa constam - para além das três récitas no âmbito do Festival - encontros e conferências, uma visita aos bastidores do Teatro de Richard Wagner e uma visita a Wahnfried - a casa em que o compositor viveu, em cujo jardim está sepultado e onde se encontra, hoje em dia, o complexo do Museu Richard Wagner. Haverá uma visita guiada à cidade e um concerto especial para os Bolseiros.

Durante os cinco dias do programa, os participantes têm a possibilidade de travar conhecimento e estabelecer contactos com artistas - cantores, músicos, encenadores - das mais variadas culturas e do mundo inteiro.

A bolsa inclui o montante de 800€ para despesas de viagem e estadia.

Bolsa “Goethe-Institut”

Aulas de alemão na Alemanha: um Curso Intensivo, de 2 ou de 4 semanas, em um dos doze Goethe-Institute na Alemanha.

O premiado será orientado para um curso com o grau mais adequado ao seu perfil.

A frequência de um destes cursos do Goethe-Institut na Alemanha é bem mais do que aprender ou aperfeiçoar a língua alemã - é uma oportunidade única de conhecer um país e a sua cultura, de contactar de perto as pessoas e de viver novas experiências.

A bolsa inclui despesas de viagem e estadia.

Calendário

As duas bolsas serão usufruídas no ano de calendário subsequente ao da data de entrega do Prémio e nos seguintes moldes:

· Bolsa “Viagem a Bayreuth” - concomitante com o Festival, que tem sempre lugar entre o final de Julho e o final de Agosto.

· Bolsa “Goethe-Institut” - o premiado poderá escolher o mês de sua preferência, entre os meses de Janeiro a Junho ou de Setembro a Dezembro.

Termo de compromisso

Dado o valor intrínseco das bolsas, que assentam em avultados investimentos das respetivas organizações, o premiado deverá comprometer-se, expressamente, a frequentar os programas na sua íntegra.

premio.circulorichardwagner@gmail.com

Download

Contactos


Comissão Organizadora


9º Concurso de Canto Lírico da FRP

Escola de Música do Conservatório Nacional

Rua dos Caetanos, 29, 1249-115 Lisboa

Telefones: 21 342 59 22 / 21 346 38 01 Fax: 21 342 36 05

e-mail: concursocantofrp@gmail.com

www.concursocantofrp.com

Ateneu Comercial do Porto Rua Passos Manuel, 44, 4000-381 Porto

Centro Cultural de Belém Praça do Império, 1449-003 Lisboa

Centro Cultural de Cascais Avenida Rei Humberto II de Itália, 16, 2750-800 Cascais

Conservatório Regional de Ponta Delgada Rua Ernesto do Canto, 1A, 9500-312 Ponta Delgada, Açores

Conservatório Regional do Algarve Maria Campina Av. Dr. Júlio Filipe Almeida Carrapato, 93, 8000-081 Faro

Conservatório - Escola das Artes ¬- Eng.º Luíz Peter Clode Av. Luís de Camões, 1, 9004-517 Funchal

Fundação Rotária Portuguesa R. João Machado, 100, salas 303/304, Apartado 239, 3001-903 Coimbra

Goethe-Institut Portugal Campo Mártires da Pátria, 37, 1169-016 Lisboa

EBS Tomás de Borba Caminho do Meio de São Carlos, 9700-222 Angra do Heroísmo

ESMAE – Escola Superior de Música, Artes e Espectáculo Rua da Alegria, 503, 4000-046 Porto



Organizado sob os auspícios da Fundação Rotária Portuguesa

Pelos Rotary Clubs de Lisboa-Estrela | Cascais-Estoril | Porto-Foz | Ponta Delgada | Angra do Heroísmo-CPM | Funchal| Faro

Em parceria com:

Escola de Música do Conservatório Nacional | Lisboa

Escola Superior de Música, Artes e Espectáculo | Porto

Conservatório Regional de Ponta Delgada

EBS Tomás de Borba - Angra do Heroísmo

Conservatório - Escola Profissional das Artes da Madeira - Eng.º Luíz Peter Clode

Conservatório Regional do Algarve Maria Campina


Representantes das instituições:

Fundação Rotária Portuguesa | Companheiro Esteves Guerra

Fundação Centro Cultural de Belém | André Cunha Leal

Escola de Música do Conservatório Nacional | Professor José Brandão

Escola Superior de Música, Artes e Espectáculo | Professor Rui Taveira

Conservatório Regional de Ponta Delgada | Professora Carmen Subica

Escola Básica e Secundária Tomás de Borba (Angra do Heroísmo) | Dr. Sérgio Peixoto

Conservatório - Escola das Artes da Madeira – Eng.º Luíz Peter Clode | Professora Maria João Pereira

Conservatório Regional do Algarve | Professora Olga Cruz

Rotary Club de Lisboa-Estrela | Companheiro Medeiros Sousa

Rotary Club de Cascais-EEstoril | Companheiro Horácio Brito

Rotary Club do Porto-Foz | Companheira Cecília Sequeira

Rotary Club de Ponta Delgada | Companheira Maria Luísa do Canto Tavares

Rotary Club de Angra do Heroísmo-CPM | Companheiro Pedro Nuno Teixeira Corvelo

Rotary Club de Faro | Companheiro José Simon Sosa

Rotary Club do Funchal | Companheiro João Cunha Paredes


Apoios e Organização